Chás

O que é infusão? Entenda tudo aqui

Entenda a diferença entre chá, infusão, decocção e maceração ao longo do artigo de hoje

Temos certeza que você já ouviu falar na palavra infusão, principalmente no que se refere ao preparo de chás, não é mesmo? Porém, você sabe, de fato, o que é infusão? Aqui no artigo, vamos esclarecer essa dúvida. Então, não perca tempo e siga com a leitura!

O que é infusão: explicação básica

A infusão é um processo químico usado para extrair sabor, aroma e  propriedades nutricionais ou medicinais de determinados ingredientes. Ela é a técnica básica para o preparo dos chás.

Sendo assim, quando você ferve a água e derrama sobre ervas como camomila, boldo, melissa, alfazema etc. está realizando uma infusão.

Infusão ou chá

Algo que nem todas as pessoas sabem é que, tecnicamente, o termo chá deve ser atribuído apenas à bebida preparada com a planta Camellia sinensis. Ela tem origem asiática e seu primeiro registro data do século III a.C.

É dessa planta que são feitos os “verdadeiros” chás, que são o:

  • verde;
  • branco;
  • preto;
  • oolong;
  • amarelo;
  • escuro.

Assim, as demais bebidas que você toma no cotidiano, feitas de hortelã, hibisco, canela, camomila, entre tantas outras, devem ser nomeadas apenas de infusão.

O que é infusão: diferença do processo de decocção

Esclarecida a diferença entre infusão e chá, chegou o momento de falarmos sobre o processo de decocção. Ele também é usado para o preparo de bebidas usando água quente, porém seu desenvolvimento é diferente.

No caso da decocção, você precisa colocar os ingrediente dentro de uma chaleira ou bule, acrescentar água em temperatura ambiente e levar tudo para o fogo. Ou seja, aqui a fervura é feita junto com a planta.

Por ser um processo que “agride” mais o ingrediente, ele deve ser usado para as partes duras dos elementos. Isso inclui cascas, raízes e caules. Já a infusão é mais indicada para as partes moles, como folhas, flores e frutas.

O processo de maceração

A maceração é outra técnica que também pode ser utilizada para o preparo de “chás”, porém não é tão popular aqui no Brasil. A opção por essa técnica ocorre quando a erva que você escolheu tende a se desfazer em contato com a água quente ou fervente.

Assim, para manter as propriedades do ingrediente, é importante macerar ou amassar a planta com um pilão ou colher. Depois, coloque-a em um bule com água fria  (temperatura ambiente ou gelada) e deixe descansando por cerca de 10 horas. Em seguida, é só coar e consumir.

Bem, agora você já sabe o que é infusão, decocção e ainda aprendeu que o termo chá só deve ser aplicado às bebidas feitas a partir da planta Camellia sinensis. Temos certeza que todas essas informações vão ajudá-lo a apreciar um bom chá de forma cada vez melhor.

Aproveite e compartilhe este texto com seus amigos!

Botão Voltar ao topo
Fechar